COLAB_RH #2: Cultura de inovação

por | 16 jul 2020

Por Lia Botta

A missão do ONOVOLAB é colocar o Brasil numa posição mais relevante no cenário global de inovação. E o RH das organizações tem um papel fundamental nisso! No segundo encontro do COLAB_RH, nosso fórum sobre criação de cultura de inovação foi incrível!

COLAB RH #2

Ontem tivemos o segundo COLAB_RH do ONOVOLAB, um comitê formado por profissionais da área de Gente e Gestão de empresas de diferentes perfis para trocar experiências sobre cultura de inovação, futuro do trabalho, employer branding, atração e engajamento de talentos, jornada do colaborador e outros temas relacionados.

Experiências Maker: faísca para criação e cultivo de cultura de inovação nas empresas

Nossa convidada especial para este fórum foi a Luciana Hashiba, Vice Coordenadora do Centro de Inovação da FGV. Ela compartilhou um conteúdo super interessante sobre cultura maker, apresentando o conceito de Fab Lab (oficina de fabricação digital) e mostrando como as vivências promovidas por este tipo de iniciativa podem transformar mindsets e despertar comportamentos inovadores.

Ela apresentou o case da Hackathon Natura Campus, iniciativa que reuniu colaboradores da Natura, estudantes e pesquisadores que, em times, pensaram em soluções tecnológicas e inovações que conectassem o produto cosmético ao ambiente virtual de forma a ampliar a experiência do consumidor. Ao final de sua fala, Luciana enfatizou a importância de promover experiências (grandiosas ou não) que geram faíscas para rever comportamentos, processos e mindset. Essas vivências costumam dar oportunidade para que colaboradores se tornem embaixadores desses comportamentos nos diversos setores da empresa, disseminando e fortalecendo a cultura. A inovação não pode ser fechada, isso precisa mudar. Precisamos inovar a inovação e trabalhar em redes é o caminho.

O fórum

No comitê  estavam presentes profissionais de multinacionais tradicionais, startups e scale ups de diferentes portes e segmentos.

COLAB RH #2 – Comitê formado por profissionais da área de Gente e Gestão

Principais dores na criação de cultura de inovação

As principais dores compartilhadas pelos participantes foram:

  • como se conectar com o futuro
  • falta de clareza da cultura que se quer criar
  • pivotagem de cultura
  • como criar mecanismos que cheguem a todos os colaboradores
  • comunicação interna falha
  • crescimento rápido que leva a desalinhamento de cultura e processos
  • gestores tradicionais receosos com transformações
  • quebra de comportamentos tipo “comando e controle”
  • falta de abertura para que os jovens talentos contribuam com as inovações
  • desenvolvimento lento de novas iniciativas
  • como inovar em uma empresa familiar e antiga
  • dados de RH não integrados
  • processos de RH antigos
  • como se fazer atrativa para talentos tech

Boas práticas

Diversas boas práticas foram compartilhadas também:

  • aplicação de Design Thinking para identificar os pontos da cultura a serem trabalhados e prototipar iniciativas
  • design como principal suporte para qualquer processo de mudança no RH
  • área de Gente parceira da área de Inovação
  • formação de times diversos (a diversidade gera variabilidade de ideias e enriquece o desenvolvimento dos projetos)
  • uso de dados para embasar iniciativas (dados ajudam a convencer sobre mudanças culturais necessárias)
  • diagnóstico para entender a cultura e depois disseminar pela empresa
  • criação de Academy interna
  • colaborador no centro: desenhar ações que façam sentido 
  • foco na comunicação e transferência de informação
  • trilha de conhecimento e e-book para que todos envolvidos no processo de contratação entendam profundamente as características buscadas nos candidatos (fit cultural)
  • digitalização de processos de recrutamento e treinamento (digitalizar o que é operacional para colaboradores focarem em customização e estratégia)
  • responsabilidade de atrair talentos compartilhada com área técnica (e não responsabilidade só do RH) – área técnica mantém blog e podcast 
  • atração de talentos tech: participação em eventos e realização de meetups
  • revisitar missão como forma de empoderar o time
  • criação e estímulo a redes internas e externas

E mais uma vez saímos melhores do que chegamos!

Se você está pronto para transformar a forma de atrair talentos tech, conheça o Talent Journey.

1 Comentário

  1. Leonardo Martins

    Muito bom o resumo do evento que foi excelente para novos conhecimentos e trocas de experiências!!! Show de Bola!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This